© 2017 Centro de Formação Dom Bosco

Avenida Santa Inês, 2031

Parque Mandaqui - São Paulo

Tel: (11) 2257-0701

  • Black Facebook Icon

Interpretando um texto matematicamente correto

28.09.2017

| Grupo dom Bosco |

Já parou para pensar na importância da nossa Língua e da Matemática em nossa rotina diária?

 

A necessidade de nos comunicarmos se manifesta logo nos primeiros meses de vida e aí o nosso idioma se faz necessário para as mais primárias manifestações, como a fome, a sede, o sono…

 

No início os sons emitidos pelo bebê não vão além de um “gugu dadá”, somente por volta dos 10 meses ou até mais é que surgirá a primeira palavra. Até os dois anos de idade ainda é aceitável que a criança não fale. Segundo uma pesquisa realizada pela página do Facebook da Crescer, a primeira palavra falada pela maioria dos bebês foi “mamãe”. Mas que não fiquem tristes os papais, pois segundo os fonoaudiólogos, tudo depende do quanto a criança é estimulada, então, mãos à obra!

 

A partir daí, vamos nos apropriando das palavras, brincando com seu sentido, jogando aqui e ali, trocando uma letra por outra e criando novas possibilidades. É incrível como podemos provocar reações as mais diversas apenas por meio da combinação de letras, do jogo de palavras!

 

E o que dizer dos números? O homem serviu-se deles desde sempre, a princípio para cálculos ligados às sua sobrevivência, como área de plantio, construção de locais apropriados para armazenar alimentos e água etc.

 

No Egito Antigo os escribas eram muito respeitados, eram eles que registravam toda a produção, lançavam os impostos, enfim, faziam toda a contabilidade do faraó. Isso sem falar nos complexos cálculos matemáticos, envolvendo geometria e outras áreas.

 

Os números e os cálculos matemáticos sempre foram necessários para otimizar a produção, o tempo e demais fatores importantes.

 

Hoje, números e sinais da Matemática estão presentes no nosso dia a dia, desde o sistema monetário à contagem de amigos, calorias, porcentagens, frações… Como obter o resultado perfeito daquela receita se não utilizarmos as porções exatas de cada ingrediente?

 

Com a febre das redes sociais, o ego infla com a quantidade de “likes” de um determinado post, com o número de seguidores de seu Insta e até com as florzinhas de gratidão do Face.

 

E, para você que torce o nariz para as regras gramaticais da Língua Portuguesa ou que começa a se coçar só de ouvir falar em equações matemáticas, admita, elas fazem parte da sua rotina, dentro ou fora de casa, no trabalho, no estudo ou no lazer.

 

Renda-se ao poder e à beleza das combinações de letras e números, não deixe que representem meramente as senhas de acesso do mais novo app do mercado. Encante-se com as incríveis “viagens” que a Matemática pode lhe proporcionar, delicie-se com as combinações infinitas de palavras e voe alto, para aprender e utilizar esse conhecimento cada vez mais na sua vida!

 

 

 

 

Iris Sayago

Analista de Comunicação e Marketing

Colégio Dom Bosco

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Featured Posts

Educar com valores e responsabilidade

August 20, 2019

1/10
Please reload

Posts recentes

September 22, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Tags